Gostou do nosso conteúdo? Te ajudou?
Nos ajude também! Faça um PIX, de qualquer valor:
programacao.progressiva@gmail.com

Funções de Arrays em PHP

Neste tutorial de nosso curso de PHP, vamos estudar diversas funções e operações que são possíveis de se fazer usando arrays.

Estudar arrays pela apostila de PHP

Operações com Arrays

União: $a + $b
O array $b é anexado ao final do array $a, menos os conflitos de chaves

Igualdade: $a == $b
Verdade se $a e $b contém os mesmos elementos

Identidade: $a === $b
TRUE se $a e $b contém os mesmos elementos e na mesma exata ordem

Desigualdade: $a != $b ou $a <> $b
TRUE se $a e $b não contém os mesmos elementos, ou seja, ao menos um difere

Não-identidade: $a !== $b
Verdadeiro caso $a e $b não contenham os mesmos elementos na mesma ordem

Funções de Adição e remoção de elementos em Arrays

Adiciona elementos ao final: array_push()

Sintaxe:
int array_push(array alvo , variáveis);

Seja o array: $carros=array("gol", "celta");
Se fizermos: array_push($carros, "civic", "corolla")
Vai ficar: $carros=array("gol", "celta", "civic", "corolla");

Adiciona elementos ao início: array_unshift()

Funciona igual ao array_push(), mas ao invés de adicionar ao final, adiciona no começo.
Seja o array: $carros=array("gol", "celta");
Se fizermos: array_unshift($carros, "civic", "corolla")
Vai ficar: $carros=array("civic", "corolla", "gol", "celta");

Retira o último elemento: array_pop()

Retira e retorna o último elemento do array.

Sintaxe:
variavel array_pop(array alvo);

Seja o array: $carros=array("gol", "celta");
Se fizermos: $carro = array_pop($carros)
Temos: $carro = "celta";

Retira o primeiro elemento: array_shift()

Funciona igual o array_pop(), mas ao invés de retirar o último elemento, retira o primeiro.

Se estiver usando arrays numéricos, todos vão 'descer' um degrau numérico.
Se for em arrays associativos, nada acontece.

Seja o array: $carros=array("gol", "celta");
Se fizermos: $carro = array_shift($carros)
Temos: $carro = "gol";

Localizando Elementos em um Array

Localizar se algo está no array: in_array()

Sintaxe:
boolean in_array(algo, $array);
Retorna TRUE se algo está no $array e FALSE caso não esteja.

Seja $carros=array("gol", "celta", "civic", "corolla");
Se fizermos:
in_array("civic", $carros) -> retorna verdadeiro
in_array("fox", $carros) -> retorna falso

Localizar key: array_key_existis()
Sintaxe:
boolean array_key_existis(key, $array)

Retorna TRUE se key existe no array e FALSE se não existe.

Ordenando Arrays

Classificando arrays: sort()

Classifica o array em ordem alfabética ou numérica.

Seja: $numeros = array(2,3,1)
Fazendo: sort($numeros)
Fica: $numeros = arrau(1,2,3)

Seja $estados = array('SP','CE','AL')
Fazendo: sort($estados)
Fica: $estados = array('AL', 'CE', 'SP')

Ou seja, o método sort() classifica alfa ou numericamente os valores de elementos de um array.

Sabe aqueles filtros:
"Ordenar por mais procurado"
"Ordenar por mais barato"

Pois é, é tudo array e tudo usa sort().
Esse PHP é mesmo poderoso, não é?

Classificando em ordem contrária: rsort()

Inverso da sort()

Classificação nativa: natsort()

Procura fazer uma classificação nativa, como uma pessoa faria.

Seja o array:
$fotos=array("foto2.jpg", "foto3.jpg", "foto1.jpg");
Fazendo: natsotr($fotos);
Fica:$fotos=array("foto1.jpg", "foto2.jpg", "foto3.jpg");

Mais funções

Combinando keys e values: array_combine()

Sintaxe:
array array_combine( array $key, array $value)

Ele combina um array de que são serão as keys, o $key, com um que são os valores, o $value.
Seja:
$tipo=array('popular', 'sedan');
$modelo=array('gol', 'civic');
Se fizermos: $carros = array_combine($tipo, $modelo);

E dermos um print_r:
Array ( [popular] => gol [sedan] => civic )

Número aleatório de elementos: array)rand()

Sintaxe:
elementos array_rand($array, numero_aleatorio_elementos);

Ele pega um array e retorna um número aleatório de elementos.
Seja $carros=array("gol", "celta", "civic", "corolla");
Se fizermos:
$aleatorios = array_rand($carros, 2)

Aqui retornou: Array ( [0] => 0 [1] => 3 )
Ou seja, "gol" e "corolla", ele já dá a resposta em array associativo.

Embaralhar elementos: shuffle()

void shuffle(array input_array)

Simplesmente embaralha os elementos de um array.
Por exemplo, se tiver: $carros=array("gol", "celta", "civic", "corolla");
E fizer: shuffle($carros);

O resultado vai ser:
Array ( [0] => celta [1] => gol [2] => corolla [3] => civic )

Somando elementos: array_sum()
array_sum($array)

Retorna a soma de todos os items que forem somáveis, ou seja, que foram inteiros ou floats.
Seja:
$meuArray = array(21, "rush", 12);
E fizermos: $soma = array_suma($meuArray);
O resultado séra: $soma=33

Falamos apenas de algumas poucas funções que podemos fazer com arrays, para ver mais, acesse:
https://secure.php.net/manual/pt_BR/ref.array.php